Sociedade

PAMBARA TERÁ ESCOLA SECUNDÁRIA NO PRÓXIMO ANO

A partir das salas anexas, o povoado de Pambara em Vilankulo, contará com uma Escola Secundária independente com nome e direcção própria.
A informação foi avançada está sexta feira (21), pelo administrador de Vilankulo, Edmundo Galiza Matos Jr, durante a Reunião Distrital de Planificação de Efectivos e Orçamento para 2022.
“Achamos que há necessidade de se criar uma escola secundária no povoado de Pambara a partir das anexas lá existente com 443 alunos, sendo 220 da 9° classe e 223 da 8° da classe sob tutela da Escola Secundária de Vilankulo” disse o governante.
Ainda em 2022 o governo de Vilankulo pretende “criar turmas anexas de ensino secundário na EP1/2 de Caxane e ainda a elevação de salas anexas de Caxane a categoria de escola, localizada em Mangalisse”
No seu discurso, o administrador de Vilankulo vincou que o governo continuará engajado na construção de infraestruturas escolares e na formação de quadros à todos os níveis com vista o melhoraramento das condições do ensino e aprendizagem.
“A formação de quadros dos níveis básico, médio e superior continuará uma das prioridades do governo, pois se entende que a melhoria dos trabalhos que se prestam às comunidades passam pela existência de funcionários e agentes de estado qualificados e comprometidos com a sua actividade” acrescentou Matos.
De referir que neste ano, funcionam no distrito 81 escolas de ensino primário, 8 de ensino secundário, 1 IFP, 19 centros AEJA, com 49,955 alunos/formandos, alfabetizandos contra 51.242 do ano 2020, tendo havido um decréscimo na ordem de 2,5 por cento, funcionam igualmente 5 escolas privadas e uma escola superior.
Fonte: #GCIV